Muito amor: Livro Um Dia, de David Nicholls

Esse livro já foi lançado há milianos, acho que metade do mundo já leu, mas pra outra metade, não espere mais: é muito bom!

Antes de começar a falar do livro, uma curiosidade: eu praticamente só leio livros criminais. Como eu disse na minha biografia do blog, exceto por Harry Potter e Cinquenta Tons de Cinza, eu só leio livros sobre serial killers, assassinatos, julgamentos, investigação… Enfim, crimes em geral. Não saio dessa linha, poucas coisas fora disso me interessa.

Eu li Um Dia depois de uma amiga (abençoada amiga) me falar sobre ele. Ela já tinha lido e gostado muito, então resolvi dar uma chance a algo que não tivesse a ver com crimes.

Pois já digo: amei e chorei.

O livro conta a história de dois amigos, a Emma e o Dexter. Todos os capítulos contam o que estava acontecendo com os dois na mesma data ao passar dos anos: 15 de julho. Isto é, o primeiro capítulo conta o que aconteceu no dia 15 de julho de tal ano. No segundo capítulo conta sobre o dia 15 de julho de outro ano. E assim vai.

A narrativa é em terceira pessoa, então temos detalhes dos pensamentos de ambos personagens.

Não vou contar o final e nem dar dicas porque, na verdade, não tem como, é tudo muito surpreendente. O que posso falar é que é uma linda história de amor, escrita de um jeito gostoso de ler e se entreter. Mesmo que você não goste de romances ou histórias de amor e mimimi, essa não se enquadra nessa categoria. É sobre amor sim, mas tem muito mais do que o clichê ‘dois amigos que se apaixonam, mas enfrentam problemas pra ficar juntos e, no final, tudo dá certo’. (nossa, agora que eu escrevi, percebi que realmente não se enquadra mesmo nessa categoria hahaha)

É um dos meus livros preferidos de todos os tempos, com certeza no meu Top 3. Só de falar sobre ele, já me dá uma sensação boa, de romance no ar… Mas também é muito triste.

Filme

Pra quem viu o filme, apaga da memória e leia o livro!

Por mais legal que seja, o filme NÃO-SE-COMPARA ao livro. Não consegue transmitir nem 10% da emoção e do amor que é transmitido nas palavras do autor. Eu assisti ao filme depois de já ter lido o livro e foi uma decepção. Porém, já que o livro é contado em apenas um dia de cada de ano, dia 15 de julho, imaginei que não ia ser fácil adaptar para as telonas.

Resumão da Wikipédia:

Dexter Mayhew e Emma Morley conheceram-se em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos passam e Dex e Em levam vidas isoladas – vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

  • Livro: Um Dia
  • Autor: David Nicholls
  • Preço: entre 18 e 29 reais
  • Onde comprar: Aqui
  • Vale a pena? Sim!!!

Anúncios

Um comentário sobre “Muito amor: Livro Um Dia, de David Nicholls

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s